Novidades e avanços no Transporte Coletivo de Fortaleza

O Sindiônibus apresentou em coletiva de imprensa, no dia 19/09, uma nova alternativa para quem eventualmente não estiver com nenhum cartão de transporte.

Há uma nova opção que visa atender emergencialmente os usuários que eventualmente precisarem utilizar o transporte coletivo e não estiverem com nenhuma opção de passagem eletrônica no momento do embarque (Vale-Transporte Eletrônico, Vale-Transporte Eletrônico Avulso, Carteira de Estudante, Bilhete Único, entre outros). Para este público sem algum crédito eletrônico, o motorista terá disponível a venda um cartão pré-carregado com o valor de 5 reais.

Esse cartão transporte expresso, pré-carregado com o valor de 5 reais, é feito de um material mais frágil e para uso emergencial, diferentemente dos demais cartões de passagens e o usuário pode receber de volta o saldo remanescente da primeira recarga R$1,40 (5,00 – 3,60 da tarifa) nos terminais de ônibus. Ele está em toda a frota de autoatendimento desde o dia 01/10/19.

Noventa e dois por cento das passagens já são pagas com crédito eletrônico nos ônibus da capital cearense, número que representa a consolidação de um projeto que traz mais segurança, agilidade e modernidade nos deslocamentos do fortalezense. Segue uma série de inovações que consolidam este projeto.

Reaproveitamento de cobradores

Quase todos os cobradores que atuavam nos ônibus que migraram para autoatendimento foram promovidos a motoristas e outras funções ou saíram pela rotatividade normal da empresa. Os Recursos Humanos do Sindiônibus e das empresas de ônibus associadas, em parceria com o Sest Senat, criou o Projeto de Requalificação dos Cobradores e se baseou em pesquisa realizada em março/2019, que contou com a participação de 86% do total de cobradores, equivalente a 3.065 respondentes. A pesquisa possibilitou o levantamento de informações deste contingente de pessoas relacionadas à escolaridade, perfil mercadológico e áreas de interesse em atuar, a partir do qual as ofertas de qualificação e oportunidades de emprego puderam ser direcionadas. A maioria das promoções realizadas foi para as funções de motorista, auxiliar de operações, manobrista, eletricista, porteiro, auxiliar administrativo, lanterneiro, borracheiro, auxiliar de tráfego, vistoriador, técnico de segurança do trabalho, entre outras.

Vantagens da Tecnologia

Há uma clara tendência do desuso do dinheiro em espécie em diversos segmentos no país e no mundo e devido à tecnologia as pessoas ganham uma série de vantagens. Nos ônibus, por exemplo, o embarque é mais rápido e não é preciso expor a carteira para contar dinheiro. Um passageiro pagando a passagem com dinheiro em espécie leva em torno de 25 segundos, enquanto uma pessoa que embarca com sua passagem pré-carregada gasta uma média de 4 segundos. Ou seja, para transportar 100 passageiros, por exemplo, ao invés de se gastar 42 minutos com embarque de passagens em espécie, se gasta apenas 7 minutos de embarque com passagens eletrônicas, uma economia de 35 minutos no tempo de pagamento da passagem. Além disso, existem os cartões que dão benefícios de integração pagando somente uma passagem e utilizando quantos ônibus quiser em até 2 horas, que é o cartão Bilhete Único, como também existe a hora-social, onde o usuário de qualquer crédito eletrônico tem um desconto de 60 centavos na tarifa inteira e 30 centavos na tarifa estudantil (segunda a sexta das 9h às 11h e das 14h às 16h). Outra vantagem é que se um cartão de transporte com créditos (sendo Bilhete Único Urbano, Metropolitano ou Carteira de Estudante) for perdido ou roubado, pode ser imediatamente bloqueado e o valor ser reembolsado.

Assaltos

Em 2018 ocorreu o menor número de assaltos dos últimos 6 anos e em 2019 mantém a tendência da queda. Atribuímos este notável avanço a uma combinação de fatores. Primeiro é que a polícia tem dedicado uma atenção especial às pessoas que usam o transporte coletivo, com ações estratégicas intensivas, priorizando áreas e horários e baseando-se em estatísticas e inteligência. Além disso, os números mostram que sem o dinheiro certo do cobrador, tem diminuído também o assalto a passageiros. Em agosto de 2018, quando não havia nenhum ônibus de autoatendimento, ocorreram 132 assaltos a ônibus/passageiros. No mesmo período desse ano, agosto/2019, foram 33 assaltos a ônibus/passageiros. Ou seja, uma queda de 75%.

Autoatendimento

Embora 92% das passagens já serem validadas através de algum cartão eletrônico, dispensando o uso de dinheiro, (Vale-Transporte Eletrônico, Vale Eletrônico Avulso, Carteira de Estudante, Bilhete Único, entre outros), da frota de 1.734 ônibus, 1.045 são de autoatendimento. Quase metade da frota ainda recebe dinheiro diretamente nos ônibus e a outra metade, que já está no serviço de autoatendimento, o passageiro só precisa adquirir previamente sua passagem nos pontos de venda.

O dinheiro continuará sempre sendo aceito para quem anda de ônibus

O que muda é apenas o local do recebimento do dinheiro que antes era somente dentro dos veículos e agora há uma variedade de guichês de recebimento fora dos veículos, ou seja, ele pode adquirir um cartão eletrônico avulso ou recarregar seu bilhete ou carteira estudantil em qualquer terminal de integração, em todos os shoppings de Fortaleza, em várias redes de farmácias, inclusive a Pague Menos, mercadinhos e outros estabelecimentos. O aplicativo Meu Ônibus tanto mostra esses locais como também possui a opção de fazer a Recarga Online utilizando um cartão de crédito Visa, Master ou Elo ou cartão de débito. O Banco do Brasil também disponibiliza o serviço de recarga de passagens eletrônicas de ônibus para seus correntistas.

Cartões de Transporte mais utilizados

O Vale-Transporte Eletrônico, conhecido popularmente como “passecard” é um benefício que o usuário recebe na própria empresa em que ele trabalha. Já o Vale-Transporte Avulso qualquer pessoa pode ter, custa 4 reais e ele pode recarregar quantas passagens quiser, está disponível em todos os terminais, shoppings e em diversos locais e não precisa de cadastro.

O Bilhete Único faz integração, tem cadastro gratuito e o cartão é entregue na hora nos postos de cadastramento: Sindiônibus, Terminais de Integração (Siqueira, Parangaba, Papicu e Antônio Bezerra), Vapt-Vupt (Messejana e Antônio Bezerra), Praça Coração de Jesus, Shoppings Aldeota e Riomar Kennedy. É necessário RG, CPF e comprovante de endereço, originais e cópias para o BU Metropolitano e somente originais para o BU Fortaleza.

Novo posto para informações nos terminais

Os principais terminais de ônibus de Fortaleza (Siqueira, Papicu, Parangaba, Messejana e Antônio Bezerra) contam com um Posto de Informações do Sindiônibus para atender dúvidas dos usuários do transporte coletivo e auxilia-los em diversos serviços, tais como pontos de embarque, roteirização, localização de destinos, horários de partidas, como também pontos de vendas de crédito, dúvidas sobre cartões e como utilizar o app Meu Ônibus e saldo de cartões.

App Meu Ônibus agora aceita débito e faz roteirização

O aplicativo Meu Ônibus é uma ferramenta gratuita que mostra a previsão em tempo real da chegada do ônibus, possui a opção de fazer Recarga Online de Carteiras de Estudante, Vale-Transporte Avulso ou Bilhete Único, utilizando cartões de crédito da bandeira Visa, Master ou Elo e agora com a novidade de aceitar pagamentos com débito em conta. Além disso, possui também o botão Nina para denúncias de assédio sexual sofrido ou presenciado dentro do transporte coletivo. Outra novidade do momento é que agora conta também com o serviço de roteirização e o passageiro poderá digitar um endereço que deseja ir e o app apresentar quais as linhas de ônibus ele deve pegar, a melhor parada para ele se dirigir, além de mostrar todo o percurso que o ônibus irá fazer, informando também em quanto tempo ele chegará ao seu destino. O nome do botão é “Planeje sua viagem” e ele já está disponível para Android e em breve também para IOS.

DEIXE UM COMENTÁRIO